Terça-feira, 6 de Junho de 2006

...

Lá estava ela ao luar da sua janela que dava para o mar. Mas sentia falta de algo, sentia-se vazia, sozinha. Talvez porque ele não estava ali. Mas como podia ela preencher aquele vazio? Se eles não se conheciam, apesar de andarem na mesma escola e de os seus olhares se cruzarem todos os dias, eles não se conheciam.

Tudo o que ela queria era conhecê-lo, beijá-lo, mas ela achava que ele não sentia o mesmo, que ele apenas olhava para ela para ver se ela estava a olhar para ele.

Mas ele compartilhava os sentimentos dela, e das mesmas dúvidas. Ambos só tinham a certeza que se tinham apaixonado á primeira vista.

Uma noite lá estava ela á janela do luar, a contemplar o mar, quando de repente apareceu ele. Declararam-se um ao outro, ambos de olhos nos olhos, então beijaram-se…

 

Rafaela Pardal, 8ºD

 

Publicado por ML às 22:46
Link do post | Comenta aqui!
Imagem criada a partir de uma pintura de Kandinsky.

.pesquisar

 

.Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
15
16
17

19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
30


.Páginas antigas

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Novembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

.Tags

. alunos

. amor

. areia

. capítulo

. coragem

. diabo

. dor

. eclipse

. encontro-me

. errante

. estranho

. falcão

. foges

. janela

. jovem

. luar

. no luar

. noite

. olhos postos no futuro

. paisagem

. pergunto

. poema

. poemas

. puzzle

. questiono

. sonhar

. sonho

. sopro

. sou eu

. vida

. vírgula

. todas as tags

.Outras Páginas Escritas por nós!

blogs SAPO

.subscrever feeds